Policiais do 22º BPM efetuaram a prisão de Antônio Gustavo da Silva Serra, de 30 anos, acusado de fazer disparos de arma de fogo no Parque Tiago Aroso, em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís. Além disso, fez ameaças de morte contra policiais militares.

Após acionamento pelo Ciops, por volta de 10h30, os policiais foral ao local da ocorrência e encontraram Antônio Serra jogando a arma de fogo no quintal de uma residência. Aparentando estar sob efeito de substância entorpecente, ele foi preso e levado, juntamente com a pistola .40, para a delegacia do Maiobão.

Segundo a PM, no deslocamento, o preso começou a ameaçar e desacatar os policiais dizendo “que iria matar polícia e familiares”, “polícia de merda”, “bando de PM vagabundo” , “viados” e “pilantras”. Além também de afirmar que mataria o morador que o denunciou.

No camburão da viatura, o acusado começou a chutar a grade de proteção da mesma, danificando-a, o que provocou-lhe cortes nos pés.

Na delegacia, ele disse que a pistola .40 era de um policial civil que teria emprestado a ele e que “vacilou” em não ter vendido logo por R$ 3.000,00.

Do Blog do Gilberto Lima 

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/11/03-10.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/11/03-10-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PolíciaPolíciaPoliciais do 22º BPM efetuaram a prisão de Antônio Gustavo da Silva Serra, de 30 anos, acusado de fazer disparos de arma de fogo no Parque Tiago Aroso, em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís. Além disso, fez ameaças de morte contra policiais militares. Após acionamento pelo...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl