A estrutura do futuro Ministério do governo Jair Bolsonaro (PSL) já está quase totalmente definida. Até agora, segundo interlocutores da equipe do presidente eleito, já estão definidas 15 pastas, o que significa uma redução de quase 50% das atuais 29 pastas do governo Michel Temer (MDB). Este número, conforme informações de aliados, ainda pode chegar a até 17. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com o jornal, haverá pelo menos mais quatro fusões, além dos já anunciados “superministério” da Economia, que abrigará Planejamento, Fazenda e Indústria Comércio, e a união de Agricultura e Meio Ambiente. O organograma foi discutido na terça-feira (30/10), durante a primeira reunião de Bolsonaro com sua equipe, após a eleição.

Confira como devem ser os ministérios de Bolsonaro:

1) Casa Civil – assumindo funções do Governo

2) Economia – fusão de Fazenda, Planejamento e Indústria, Comércio Exterior

3) Defesa

4) Saúde

5) Ciência e Tecnologia (com ensino superior)

6) Educação, Esportes e Cultura

7) Trabalho

8) Minas e Energia

9) Justiça e Segurança

10) Integração Nacional ( com Cidades e Turismo)

11) Infraestrutura, englobando Transportes

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/10/01-17.jpeghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/10/01-17-150x150.jpegPortal de Notícias CN1PaísPaísA estrutura do futuro Ministério do governo Jair Bolsonaro (PSL) já está quase totalmente definida. Até agora, segundo interlocutores da equipe do presidente eleito, já estão definidas 15 pastas, o que significa uma redução de quase 50% das atuais 29 pastas do governo Michel Temer (MDB). Este número, conforme...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl