Um estudante de 16 anos morreu eletrocutado ao atender o celular enquanto o aparelho estava sendo carregado em um computador de uma escola de Tianguá, no noroeste do Ceará, na  quinta-feira (7/6).

Iago Aguiar Mendes era aluno do 2º ano do ensino médio do Colégio Santa Maria e assistia a uma aula de informática quando sofreu a descarga elétrica. O adolescente chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Maternidade Madalena Nunes, mas não resistiu ao choque e morreu.

A Polícia Civil de Tianguá informou que ainda aguardava o resultado do laudo do Instituto Médico Legal (IML) para confirmar a causa do óbito do garoto.

Em sua página no Facebook, o Colégio Santa Maria lamentou o caso: “Iago esteve conosco desde seus primeiros passos na escola até hoje”, escreveu a escola. “O Colégio Santa Maria, por meio da direção, professores, funcionários, colegas e comunidade, une-se à família de Iago, lamentando profundamente esta fatalidade.”

Amigos e colegas do adolescente também lamentaram nas redes sociais a morte. “Por que se foi, irmão? Quanta saudade vai deixar, não entendi por que teve que ser. Deus está precisando de ti”, escreveu uma garota no Instagram de Iago.

“Conhecia esse menino, uma bênção do Senhor, estou muito triste, não pensei que esse menino ia nos deixar agora”, publicou outro adolescente.

Agência Estado

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/06/06-12.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/06/06-12-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PaísPaísUm estudante de 16 anos morreu eletrocutado ao atender o celular enquanto o aparelho estava sendo carregado em um computador de uma escola de Tianguá, no noroeste do Ceará, na  quinta-feira (7/6). Iago Aguiar Mendes era aluno do 2º ano do ensino médio do Colégio Santa Maria e assistia a...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl