Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta segunda-feira (14/5) que o governo não tem visto “muita vontade” dos pré-candidatos à Presidência da República em discutir o tema da reforma da Previdência. A crítica foi feita porque, segundo Padilha, o Palácio do Planalto considera tentar aprovar as alterações nas regras da aposentadoria ainda em 2018, após o período eleitoral.

“Devo lastimar que não conseguimos levar a cabo a reforma da Previdência, por enquanto pelo menos. Temos até 31 de dezembro e essa possibilidade não está extinta”, ressaltou Padilha. “Nós estamos ouvindo os [pré-]candidatos e não temos visto muita vontade de discussão com o tema previdenciário. Por vezes, a posição do candidato não é a posição do eleito. Então, nós vamos ver com quem se eleger se não há interesse de a gente resolver isso ainda em 2018”, afirmou.

Além disso, o ministro respondeu positivamente sobre a possibilidade de o governo suspender a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro a fim de a reformulação da Previdência ser apreciada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal ainda neste ano. Isso porque, durante a vigência da intervenção, o Legislativo fica impossibilitado de modificar a Constituição; e o decreto que estabeleceu a medida prevê intervenção das autoridades federais em território fluminense até 31 de dezembro.

“A marca do governo foi o compromisso com reformas estruturais, que estavam sendo exigidas há muito tempo e faltou disponibilidade dos governantes anteriores para fazê-las. Conseguimos fixar o teto de gastos públicos, modernizar a legislação trabalhista, reformar o ensino médio. O governo levou o país de volta aos trilhos, destacou o ministro.

Agência Estado

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/05/08-13.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/05/08-13-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PolíticaPolítica                                                               Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles O Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta segunda-feira (14/5) que o governo...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl