Um açougueiro tomou uma medida extrema na cidade de Hyderabad, Índia. Segundo informações da polícia local, Mohammad Qayyum decepou a mão direita do filho, Mohammad Khalid, 18 anos, porque o jovem estava viciado em pornografia e não parava de se masturbar.

No depoimento, o pai disse que o filho tinha comprado um smartphone e ficou viciado nos filmes eróticos. Apesar de pedir várias vezes para que ele parasse com isso, Mohammad não deu ouvidos ao pai. Na última segunda, quando pegou o jovem fazendo a mesma coisa, ele não pensou duas vezes e cortou a sua mão.

Outros membros da família, segundo o jornal Hindustan Times, ouviram os pedidos de socorro do jovem e foram ajudá-los. No entanto, como a mão ficou 90% danificada, não foi possível colocá-la de volta. O pai segue detido e o filho continua internado.

Ataide de Almeida Jr./Metrópoles

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/03/04-13.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/03/04-13-150x150.jpgPortal de Notícias CN1InternacionalInternacionaisUm açougueiro tomou uma medida extrema na cidade de Hyderabad, Índia. Segundo informações da polícia local, Mohammad Qayyum decepou a mão direita do filho, Mohammad Khalid, 18 anos, porque o jovem estava viciado em pornografia e não parava de se masturbar. No depoimento, o pai disse que o...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl