A paralisação dos caminhoneiros vem perdendo força e já dá sinais de que está próxima do fim. A Polícia Federal Rodoviária (PRF) informou, nesta quinta-feira (31/5), que há redução dos pontos de concentração nas rodovias federais. Em todos os estados, a vida começa a voltar ao normal. Nas estradas que cortam o Distrito Federal, todos os pontos de concentração de motoristas foram desmobilizados, segundo a corporação.

Após dias de protestos intensos, a PRF confirmou que 11 estados, além do DF, não têm mais manifestações. Foram registrados pontos de manifestação nas BRs 040, 050, 060, 070 e 020 na Região do Entorno.

Na capital paulista, a situação de emergência será suspensa nesta sexta-feira (1º/6). Nesta manhã, apenas no Porto de Santos (SP) há muitos caminhoneiros grevistas. Eles seguem concentrados por lá, já que não chegarem a um acordo com o governador de São Paulo, Márcio França (PSB).

Enquanto isso, petroleiros desafiam a Justiça do Trabalho e iniciaram uma greve nas refinarias. Segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP), a paralisação atinge as unidades de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Amazonas e Pernambuco.

Agência Estado

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/05/01-2.jpeghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/05/01-2-150x150.jpegPortal de Notícias CN1PaísPaísA paralisação dos caminhoneiros vem perdendo força e já dá sinais de que está próxima do fim. A Polícia Federal Rodoviária (PRF) informou, nesta quinta-feira (31/5), que há redução dos pontos de concentração nas rodovias federais. Em todos os estados, a vida começa a voltar ao normal. Nas estradas...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl