O professor Thiago dos Santos Conceição, de 31 anos, que foi agredido e humilhado por alunos dentro de uma sala de aula, no último dia 14, recebeu duas manifestações de apoio. Professores do Ciep Municipal Mestre Marçal, em Rio das Ostras, onde ocorreu o episódio, foram trabalhar vestidos de preto no sábado letivo (22/9), em sinal de luto. E em São Gonçalo, cidade onde Thiago já lecionou, professores da rede pública levaram para as ruas uma faixa com dizeres como: “Educadores merecem respeito”. As informações são do jornal O Globo.

Antes de ser humilhado dentro de sala, Thiago já vinha sofrendo ameaças de morte por parte de alunos. Conforme ele contou à reportagem, há seis meses,quando começou a lecionar na unidade, sempre tentou lidar de forma pacífica com o comportamento agressivo dos estudantes do 9° ano do ensino fundamental.

O delegado titular da 128ª DP (Rio das Ostras), Carmelo Santalúcia vai começar a ouvir os estudantes envolvidos no episódio nesta segunda-feira (24). No depoimento prestado por Thiago dos Santos, o professor reafirmou que o desrespeito por parte dos jovens era normal na escola.

Um dos jovens agressores já tem 18 anos e vai responder por corrupção de menores. O rapaz também será acusado de dano ao patrimônio público qualificado e desacato. Três adolescentes responderão por fato análogo a esses dois delitos.

“Ele relatou não ter sido um fato isolado, já ocorria antes e veio aumentando progressivamente a gravidade. A partir de segunda-feira vamos iniciar as intimações dos alunos. Já ouvimos a diretora e outras pessoas da escola. Por enquanto não trabalhamos com a hipótese de responsabilizar a escola, pois nada indica responsabilidade criminal”, afirmou o delegado.

Violência recorrente
Os casos de violência são recorrentes no Ciep Mestre Marçal. Uma aluna pediu a transferência da escola nesta semana por causa de episódios de agressividade dos colegas. O inquérito da 128° DP já ouviu a direção da unidade e testemunhas.

A polícia também fez uma perícia na sala de aula, que constatou o quadro quebrado pelo aluno, além de pichações na parede com símbolos de facções criminosas e desenhos de órgãos genitais masculinos.

Metrópoles

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/09/01-47.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/09/01-47-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PaísPaísO professor Thiago dos Santos Conceição, de 31 anos, que foi agredido e humilhado por alunos dentro de uma sala de aula, no último dia 14, recebeu duas manifestações de apoio. Professores do Ciep Municipal Mestre Marçal, em Rio das Ostras, onde ocorreu o episódio, foram trabalhar vestidos de...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl