Quem acompanhou o primeiro ato da caravana de Roseana Sarney, em Santa Inês, notou uma grande contradição entre o discurso da ex-governadora e o que de fato aconteceu.

Em uma das partes da sua fala, Roseana cravou: “preciso das mulheres do meu lado”. O problema é que ela proferiu essa frase em meio a um palco em que ela era a única mulher.

No dia 08 de março, data que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, Roseana reuniu, em Santa Inês, um palanque formado somente de homens, à exceção dela, é claro.

Esse ato mostra que Roseana não tem a sensibilidade nem de inserir a figura da mulher no debate e na construção de políticas capazes de melhorar o Maranhão.

A única preocupação da ‘princesa da oligarquia’, na verdade, é fazer com que sua família volte a comandar o estado.

Lamentável!

Por Gilberto Lima

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/03/01-17.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/03/01-17-150x150.jpgPortal de Notícias CN1MaranhãoMaranhãoQuem acompanhou o primeiro ato da caravana de Roseana Sarney, em Santa Inês, notou uma grande contradição entre o discurso da ex-governadora e o que de fato aconteceu. Em uma das partes da sua fala, Roseana cravou: 'preciso das mulheres do meu lado'. O problema é que ela proferiu essa...Portal de Notícias CN1