Aos 49 anos, a viúva Gweneth Lee é sustentada literalmente pelos pés. A britânica fatura o equivalente a R$ 10 mil mensais apenas oferecendo a seguidores em redes sociais fotos dos seus pés. O fetiche não fazia parte da vida de Gweneth até que ela descobriu no Instagram que havia um público bem dedicado à podolatria. Ela decidiu investir e abraçou a carreira de dominatrix, chegando a cobrar R$ 1.100 por hora para que homens admirem e massageiem os seus pés. Lambidas e beijos também são liberados.

“Postava fotos dos meus pés na piscina e fazia muito sucesso. Aí resolvi abrir uma outra conta no Instagram só para eles”, disse a dominatrix, em reportagem do “Sun”.

Para manter em forma o ganha-pão, Gweneth, que mora em Londres (Inglaterra), bebe três litros de água por dia para hidratar as cutículas e passa creme hidratante nos pés três vezes ao dia. Quando não está se exibindo, a dominatrix mantêm os “tesouros” protegidos por meias.

Os clientes, diz ela, geralmente são da alta sociedade e se mostram bastante gentis. São eles que pagam a conta semanal de Gweneth na pedicure. Alguns mais dedicados e abastados fazem doações que somam cerca de R$ 120 mil por ano. Tudo para que a dominatrix continue a exibir os pés como o que seus fãs consideram verdadeiras “obras de arte”.

Fonte: I BAHIA

http://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/10/03-58.jpghttp://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/10/03-58-150x150.jpgPortal de Notícias CN1InternacionalInternacionaisAos 49 anos, a viúva Gweneth Lee é sustentada literalmente pelos pés. A britânica fatura o equivalente a R$ 10 mil mensais apenas oferecendo a seguidores em redes sociais fotos dos seus pés. O fetiche não fazia parte da vida de Gweneth até que ela descobriu no Instagram que...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl