O deputado estadual do Maranhão Fábio Macedo foi detido na noite desta sexta-feira (8/3), depois de agredir duas pessoas no no Boteco & Cervejaria Bendito (Avenida Nossa Senhora de Fátima, área nobre de Teresina – PI). Um áudio que circula nas redes sociais está sendo atribuído a Fábio, onde o deputado estaria ameaçando policiais de morte. O parlamentar foi autuado por lesão corporal e resistência à prisão. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina ainda na noite de ontem. Uma das vítimas agredidas por Fábio Macedo teria sido o cantor Léo Cachorrão.

A confusão teria começado quando o deputado resolveu pedir o microfone para cantar e o músico não concedeu. Devido à negativa, os dois discutiram e Fábio acabou arremessando um copo de vidro na testa do cantor Leo Cachorrão, conhecido também como Playboy dos Paredões. Macedo também teria ferido um sargento da Polícia Militar (PM) na mão. Léo Cachorrão foi submetido ao exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). A Central de Flagrantes de Teresina decidiu lavrar um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e depois liberar o parlamentar maranhense.

Segundo a assessoria da PM piauiense, Fábio foi enquadrado nos artigos 129 (lesão corporal) e 139 (difamação), do CPB (Código Penal Brasileiro), delitos afiançáveis. Em carta ao qual o blog do John Cutrim teve acesso, o deputado Fábio Macedo pede desculpas e revela que sofre com alcoolismo e depressão.

Veja a carta.

Aos maranhenses que me elegeram e confiaram em mim como seu legítimo representante, peço as mais sinceras desculpas por meu descontrole emocional na última madrugada, onde após o consumo de bebidas alcoólicas, misturadas com medicações para tratamento de saúde, me envolvi em uma confusão em um bar na cidade de Teresina. Nada justifica minhas atitudes e como homem que sou, assumirei todas as responsabilidades, inclusive peço desculpas ao cantor Léo Cachorrão e a Corporação da Polícia de Teresina, a quem muito respeito e admiro. À minha família, que são minha base, suporte e apoio, também devo desculpas pela exposição, onde foram ditas inverdades em momentos de embriaguez e falta de lucidez.

Chegar a este momento é muito difícil e até doloroso mas a verdade deve ser dita, não para me justificar ou fugir de minhas responsabilidades mas para que possam entender o que tenho passado nos últimos dois anos. Depois da realização de uma cirurgia, a qual fui submetido para a retirada de um balão gástrico, que estava me causando várias complicações de saúde, tive novamente uma recaída na depressão, algo com que convivi parte da minha vida e que pensei ter sido superado por completo. Além da depressão, passei a ter problemas com alcoolismo, meu organismo não consegue mais processar o consumo de bebidas corretamente, qualquer quantidade faz com que logo eu perca a razão e o controle emocional, algo que trouxe um peso enorme para minha vida, assim como ‘meus pais, irmãos, esposa e filhos, que todo este tempo tem lutado ao meu lado, me dando forças para continuar seguindo. Infelizmente nos últimos dias tive sucessivas recaídas, algo que não me orgulho. O alcoolismo, assim como a depressão, infelizmente, são doenças graves, desta forma me comprometo em continuar com o tratamento de saúde para superar essa condição.

Deputado Fábio Macedo

Por: John Cutrim

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/03/02-25.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/03/02-25-150x150.jpgPortal de Notícias CN1MaranhãoMaranhãoO deputado estadual do Maranhão Fábio Macedo foi detido na noite desta sexta-feira (8/3), depois de agredir duas pessoas no no Boteco & Cervejaria Bendito (Avenida Nossa Senhora de Fátima, área nobre de Teresina – PI). Um áudio que circula nas redes sociais está sendo atribuído a Fábio, onde...
slp6p5

jku7bl