Crédito: DANIEL TEOBALDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Copa do Brasil foi o grande trunfo do Cruzeiro para fechar o ano com mais de R$ 77 milhões em premiações (sem considerar os descontos de impostos). Apesar de não ter brigado pelo título da Libertadores e do Campeonato Brasileiro, o clube teve no torneio mata-mata o fiel da balança para não terminar a temporada desequilibrado financeiramente.

Somente por ganhar a Copa, o Cruzeiro faturou R$ 50 milhões. A caminhada rumo ao hexa rendeu outros R$ 11,9 milhões em fases anteriores à final. Na Libertadores, o clube levou R$ 13,3 milhões. Foram R$ 6,8 milhões na fase de grupos e mais R$ 6,4 milhões nas oitavas e quartas de final.

Por fim, o oitavo lugar no Brasileirão também rendeu ao clube mais R$ 2,07 milhões. Juntas, todas as premiações totalizam R$ 77,1 milhões. Além dos três torneios citados, vale lembrar que o Cruzeiro ainda levantou a taça do Campeonato Mineiro. Contudo, o estadual não paga premiação aos clubes participantes – a remuneração é feita apenas por meio da cota de TV. Ao lado do rival Atlético-MG, a Raposa levou R$ 12 milhões pelos direitos de transmissão.

Apesar de toda essa grana, o Cruzeiro ainda passa por dificuldades para fechar o ano financeiramente. Por causa dos altos salários e de outros gastos de fim de temporada, a diretoria ainda faz seus esforços para encerrar a temporada literalmente no azul. O momento delicado, contudo, não obriga a diretoria a querer fazer dinheiro com seus principais atletas. Jogadores como Dedé e Thiago Neves já esboçaram o desejo de ficar no clube.

Arrascaeta, por sua vez, não esconde o sonho de jogar na Europa. Neste caso, a cúpula celeste já estipulou o valor de pelo menos 20 milhões de euros (R$ 87,2 milhões) para dar início às conversas sobre uma eventual venda.

Fonte: Com informações do UOL

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/12/11-1.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/12/11-1-150x150.jpgPortal de Notícias CN1EsporteEsportesA Copa do Brasil foi o grande trunfo do Cruzeiro para fechar o ano com mais de R$ 77 milhões em premiações (sem considerar os descontos de impostos). Apesar de não ter brigado pelo título da Libertadores e do Campeonato Brasileiro, o clube teve no torneio mata-mata o fiel...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl