Daniela Mercury e Caetano Veloso acabaram de lançar clipe para a música “Proibido Carnaval”. A parceria foi lançada em audiovisual esta semana, com muitas cores e nudez abstrata. A música é um protesto a situação política do Brasil, com letra irônica e melodia acelerada. O axé baiano toma força com o hit.

Assista agora:

“Dedico este videoclipe ao meu amigo amado e incansável guerreiro Jean Wyllys. Estamos te esperando de volta: o Carnaval não está proibido! Axé!!!”, diz a cantora antes dos créditos finais do clipe. Daniela também agradece o parceiro Caetano: “uma inspiração para a arte e para a liberdade”.

Em proibido Carnaval, Daniela e Caetano celebram a alegria daqueles que pulam o carnaval com as asinhas de fora. “Minha alma não tem tampinha/ Minha alma não tem roupinha/ Minha alma não tem caixinha/ Minha alma só tem asinha”, diz a música.

O clipe, lançado hoje para o single, mobilizou 14 bailarinos e 12 modelos para integrar canto e dança, dentro do estilo dos desfiles da cantora nos trios elétricos. Proibido Carnaval é a grande aposta para a folia de 2019.
Com composição de Daniela Mercury, a música traz uma mensagem de protesto contra a onda ultraconservadora que toma o Brasil. A cantora pede liberdade para os corpos. “Abra a porta desse armário/ Que não tem censura pra me segurar/ Abra a porta desse armário/ Que alegria cura/ Venha me beijar”, cantam Caetano e Daniela.

O roteiro é da própria Daniela, com direção de Jana Leite e fotografia de Rodrigo Maia. A empresária e jornalista Malu Verçosa, mulher de Daniela, também contribuiu com a produção. Daniela e Caetano já haviam gravado um clipe juntos em 1992, com a música Você não Entende Nada.

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/02/03-7.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/02/03-7-150x150.jpgPortal de Notícias CN1EntretenimentoEntretenimentoDaniela Mercury e Caetano Veloso acabaram de lançar clipe para a música 'Proibido Carnaval'. A parceria foi lançada em audiovisual esta semana, com muitas cores e nudez abstrata. A música é um protesto a situação política do Brasil, com letra irônica e melodia acelerada. O axé baiano toma força...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl