Uma mulher grávida e outras cinco pessoas sobreviveram a uma queda de 84 andares em um edifício de Chicago, nos Estados Unidos. Ninguém se feriu. O grupo estava em um bar no lobby, que fica no 95º andar, e pararam no 11º. O incidente aconteceu na última sexta (16/11) e os serviços de emergência foram chamados após as vítimas enviarem mensagens a amigos.

O resgate durou três horas, quando os bombeiros abriram um buraco na parede, de onde eles saíram. Jaimer Montemayor, turista mexicano de 50 anos, estava no elevador com a esposa. Ele conta que o aparelho começou a descer normalmente e, de repente, começou a cair.

“Achei que íamos morrer”, disse ele ao canal CBS 2. Pelo menos um dos cabos que seguravam o elevador se rompeu. Porém, as investigações ainda não foram concluídas, afirmou um funcionário da prefeitura ao jornal Chicago Tribune.

O equipamento foi inspecionado em julho e não apresentou nenhum problema. Não se sabe ainda como ele parou antes de atingir o chão. O prédio, antes conhecido como John Hancock Center, é o quarto mais alto da cidade.

As informações são da BBC.

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/11/04-47.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/11/04-47-150x150.jpgPortal de Notícias CN1InternacionalInternacionaisUma mulher grávida e outras cinco pessoas sobreviveram a uma queda de 84 andares em um edifício de Chicago, nos Estados Unidos. Ninguém se feriu. O grupo estava em um bar no lobby, que fica no 95º andar, e pararam no 11º. O incidente aconteceu na última sexta (16/11)...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl