Após confirmação da exoneração de Gustavo Bebianno, nesta segunda-feira (18/2), o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), publicou vídeo nas redes sociais defendendo o ex-ministro. Para Bolsonaro, devido às conturbações que afetaram o governo federal, foi necessária uma “reavaliação” dos cargos ocupados.

Segundo o presidente, a crise no governo se deu por “diferentes pontos de vista sobre questões relevantes”. Para ele, “pode ter havido incompreensões e questões mal entendidas de parte a parte, não sendo adequados pré-julgamentos de qualquer natureza”.

No vídeo, Bolsonaro agradeceu o ex-ministro pelo trabalho realizado à frente da Secretaria-Geral e durante a campanha vitoriosa que o levou ao Palácio do Planalto. “Tenho que reconhecer a dedicação e o comprometimento do senhor Gustavo Bebianno à frente da campanha eleitoral em 2018. Seu trabalho foi importante para o nosso êxito”, afirmou o presidente.

Assista

Além do envolvimento dos filhos do presidente na trama, o ex-ministro afirmou, em diferentes oportunidades, que, caso sejam comprovados atos de corrupção, o nome de Jair Bolsonaro também estaria comprometido.

Apesar das manifestações contra a demissão de Bebianno, a exoneração já era esperada desde a última sexta-feira (15/2), bem como a publicação do ato na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União. Agora, espera-se a formalização em edição extra, bem como a nomeação do sucessor de Gustavo Bebianno. O novo secretário-geral da Presidência da República será o general Floriano Peixoto.

Natália Lázaro/Metrópoles

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/02/14-10.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/02/14-10-150x150.jpgPortal de Notícias CN1VídeosVídeosApós confirmação da exoneração de Gustavo Bebianno, nesta segunda-feira (18/2), o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), publicou vídeo nas redes sociais defendendo o ex-ministro. Para Bolsonaro, devido às conturbações que afetaram o governo federal, foi necessária uma “reavaliação” dos cargos ocupados. Segundo o presidente, a crise no governo se...
slp6p5

jku7bl