Foi sepultada na manhã desta terça-feira, 31/07, em Porto, região Norte do Piauí, a jovem estudante Luziane Freitas, que faleceu prematuramente neste domingo, 29/07. Ela que sofria com problemas psicológicos, estava internada na UTI do Hospital Regional de Piripiri, após passar mal ao ter ingerido uma grande quantidade de medicamentos.

Na tarde desta segunda-feira, 30/07, seu sepultamento foi adiado, após familiares acreditarem que ela poderia estar viva dentro do caixão. O fato causou grande repercussão na cidade. Um médico plantonista do hospital local foi chamado à residência para analisar o polêmico caso e constatou o óbito, porém a família só a sepultou na manhã desta terça-feira, 31/07.

Por: Orlando Paiva/Meio Norte

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/08/01.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/08/01-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PaísPaísFoi sepultada na manhã desta terça-feira, 31/07, em Porto, região Norte do Piauí, a jovem estudante Luziane Freitas, que faleceu prematuramente neste domingo, 29/07. Ela que sofria com problemas psicológicos, estava internada na UTI do Hospital Regional de Piripiri, após passar mal ao ter ingerido uma grande quantidade de...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl