Início de semana quente para o futebol brasileiro. Na noite desta terça-feira (2), dois jogos pela Libertadores prenderam a atenção dos torcedores.

No entanto, apenas uma torcida teve motivos para sorrir. Na Arena da Baixada, o Athletico Paranaense recebeu o Boca Juniors, pela terceira rodada da fase de grupos. E deu um verdadeiro passeio. Durante todo o primeiro tempo, o jogo foi equilibrado e movimentado, com chances para os dois lados. Mas aos 35, surgiu o grande nome da partida. Rony cruzou a bola na área, Lucho desviou e Marco Ruben colocou o Furacão em vantagem.

Na segunda etapa, o time visitante até tentou colocar o peso da camisa como diferencial, mas não conseguiu. Após bom contra-ataque, Bruno Guimarães tocou para Marco Ruben, que fez o segundo dele e do Athletico. Aos 35, o golpe final. Após escanteio, Cirino finalizou e a bola bateu na trave. E adivinha pra quem sobrou? Ele mesmo, Marco Ruben, autor dos três gols do Furacão. Athletico Paranaense três, Boca Juniors zero. O resultado dá ao time brasileiro a liderança do grupo G, com seis pontos somados. O Boca caiu para a segunda posição, com quatro pontos.

Quem não ficou nada feliz ontem foi a torcida do Palmeiras. O Verdão viajou até a Argentina para encarar o San Lorenzo em crise e levou a pior. No início do segundo tempo, o lateral Herrera avançou sozinho, cortou para o meio e chutou no cantinho de Weverton, que não conseguiu chegar. San Lorenzo um, Palmeiras zero. O resultado quebrou a invencibilidade do Verdão, que não perdia há dois meses. O placar tirou o Palmeiras da primeira posição, que agora pertence a equipe argentina.

Nesta quarta, tem mais brasileiro em campo. No Maracanã, o Flamengo terá como adversário o tradicional Peñarol, do Uruguai. E a expetativa é de casa cheia, já que mais de 62 mil ingressos foram vendidos antecipadamente. Uma vitória praticamente sela a classificação rubro-negra.

Quem também busca manter 100% de aproveitamento é o Inter, que recebe em casa o River Plate, atual campeão continental. O Colorado é líder isolado do grupo A com seis pontos, já o River quer a vitória à qualquer custo para beliscar a segunda posição.

Com a corda no pescoço, o Atlético Mineiro precisa vencer a equipe venezuelana do Zamora para tentar uma sobrevida na competição. O Galo amarga a última posição de seu grupo e ainda não somou nenhum ponto.

Já o lado azul de BH está em lua de mel com time, que está no Equador para jogar contra o Emelec. A equipe de Mano Menezes está 100% até agora na competição, com duas vitórias em dois jogos.

A bola também rola na Copa do Brasil. Depois de conseguir uma boa vantagem no jogo de ida, o Corinthians recebe o Ceará, em São Paulo. O Timão pode perder por até um gol de diferença, que ainda assim, avança de fase.

No interior do Mato Grosso, Luverdense e Fluminense têm o primeiro compromisso pela terceira fase da competição. Lembrando que esse é o confronto de ida entre as duas equipes.

Em Santa Catarina, rodada cheia pelo campeonato estadual. Líder do torneio, o Avaí joga fora de casa contra o Brusque. Outros dois duelos grandes marcam a rodada. Criciúma e Joinville se enfrentam no Heriberto Hülse, enquanto o Figueirense joga em casa contra a Chapecoense.

Port Raphael Costa/Agência Rádio Mais

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/04/02-6.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/04/02-6-150x150.jpgPortal de Notícias CN1EsporteEsportesInício de semana quente para o futebol brasileiro. Na noite desta terça-feira (2), dois jogos pela Libertadores prenderam a atenção dos torcedores. No entanto, apenas uma torcida teve motivos para sorrir. Na Arena da Baixada, o Athletico Paranaense recebeu o Boca Juniors, pela terceira rodada da fase de grupos. E...
slp6p5

jku7bl