Uma jovem de 18 anos e sua filha de dois foram vítimas de violência doméstica na madrugada de segunda-feira (06) e quase perderam a vida. A família da jovem chegou à casa na hora certa e tirou o suspeito, que a estava enforcando, de cima dela. Porém, mesmo com a presença dos familiares, ele voltou a tentar matar a ex-companheira com um garfo.

Conforme o boletim de ocorrência, os dois jovens estão separados há cinco meses e nesta madrugada, por volta de 00h30, o suspeito, de 23 anos, foi até à casa da jovem, no Bairro Ouro Verde, em Nova Olímpia (214 km de Cuiabá), afirmando não aceitar a separação.

A vítima relatou que ele começou a agredi-la e tentou matá-la, enforcando-a. Ela disse que ele também tentou matar a filha do casal, de dois anos, derrubando a mãe sobre a criança e depois também apertando o pescoço da menina.

Ele só não conseguiu concretizar os assassinatos porque a vizinha ouviu o barulho e chamou a família da vítima, que arrombou a porta da casa e tirou o suspeito de cima dela. Porém, mesmo com a presença dos familiares, ele ainda partiu para cima da ex-companheira com um garfo.

Ao perceber a chegada da Polícia Militar, o suspeito pegou a chave da casa e se escondeu no fundo do quintal, onde foi encontrado pelos policiais. Ele reagiu à detenção, mas acabou algemado e preso.

O caso foi registrado como homicídio doloso tentado.

Karina Cabral/O Livre

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/08/03-12.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/08/03-12-150x130.jpgPortal de Notícias CN1PolíciaPolíticaUma jovem de 18 anos e sua filha de dois foram vítimas de violência doméstica na madrugada de segunda-feira (06) e quase perderam a vida. A família da jovem chegou à casa na hora certa e tirou o suspeito, que a estava enforcando, de cima dela. Porém, mesmo com...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl