Morreu nesta segunda-feira o ex-atacante Coutinho, um dos maiores ídolos da história do Santos e campeão do mundo em 1962, na Copa do Mundo disputada no Chile. Ele tinha 75 anos, e a causa da morte ainda não foi divulgada.

A informação foi confirmada pela assessoria da presidência do Santos. O clube prestou homenagem ao ex-jogador com uma postagem nas redes sociais.

View image on Twitter

Santos Futebol Clube

@SantosFC

A pequena área perdeu um dos seus professores.

1,227 people are talking about this
Coutinho tinha diabetes, doença que levou à amputação de três dedos do pé esquerdo. Em janeiro, ele foi internado em Santos com uma pneumonia.

Antônio Wilson Honório nasceu em Piracicaba em 11 de junho de 1943. Ele estreou no Santos em 1958, quando tinha apenas 14 anos. Defendeu o time até 1967 e depois entre 1969 e 1970.

É o terceiro maior artilheiro da história do clube, com 368 gols em 457 jogos, atrás de Pepe, com 403 gols, e Pelé, com 1.091 gols.

No Santos, Coutinho formou o lendário ataque com Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Foi campeão paulista em 1960, 1961, 1962, 1964, 1965 e 1967, venceu cinco vezes a Taça Brasil, de 1961 a 1965, depois reconhecida como Brasileiro, além das Libertadores e dos Mundiais de Clubes de 1962 e 1963.

Fonte: GloboEsporte.com

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/03/08-15.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/03/08-15-150x150.jpgPortal de Notícias CN1EsporteEsportesMorreu nesta segunda-feira o ex-atacante Coutinho, um dos maiores ídolos da história do Santos e campeão do mundo em 1962, na Copa do Mundo disputada no Chile. Ele tinha 75 anos, e a causa da morte ainda não foi divulgada. A informação foi confirmada pela assessoria da presidência do Santos....
slp6p5

jku7bl