Foto ilustrativa: Pixabay

Uma idosa de 92 anos foi vítima de um crime brutal na manhã de domingo (17), dentro de sua própria casa. Ela foi estuprada e espancada por um homem de 29 anos. O suspeito possui tornozeleira eletrônica e o rastreamento apontou que ele ficou na casa da vítima por duas horas.

Conforme o boletim de ocorrência, a filha da vítima foi visitar a mãe, que é sua vizinha, no Bairro Jardim Paraná, em Nobres (125 km de Cuiabá) e, ao entrar na casa, encontrou a mãe caída no chão, com várias lesões de espancamento e de estupro.

Nesse momento, a idosa ainda estava com vida e conseguiu dizer à filha que o agressor era um rapaz forte, de estatura baixa e de cor morena.

Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada até um hospital, onde o médico plantonista informou que a idosa estava em estado grave. Pouco depois, ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Militar foi acionada e notou que o suspeito fugiu deixando um chinelo na casa da vítima. Em rondas pelo bairro da idosa, chegaram a um possível suspeito que batia com as características descritas pela idosa e o localizaram através da tornozeleira eletrônica em uma chácara às margens do Rio Cuiabá, em uma região chamada Pindura.

O suspeito foi encontrado descalço e o chinelo apreendido na casa da idosa serviu no pé dele. A princípio, ele negou o crime. Porém, quando a filha da vítima o viu, reconheceu que há poucos dias ele fez a pintura da casa da mãe dela.

O suspeito foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. Ele nega tanto o crime, quanto ter ficado por duas horas na casa, mas, segundo a Polícia Militar, as duas horas foram comprovadas pelo monitoramento da tornozeleira eletrônica.

Karina Cabral/OLivre

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/03/07-18.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/03/07-18-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PolíciaPolíciaUma idosa de 92 anos foi vítima de um crime brutal na manhã de domingo (17), dentro de sua própria casa. Ela foi estuprada e espancada por um homem de 29 anos. O suspeito possui tornozeleira eletrônica e o rastreamento apontou que ele ficou na casa da vítima por...
slp6p5

jku7bl