Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou nota lamentando o falecimento do embaixador Paulo Cordeiro de Andrade Pinto e de sua esposa, a embaixatriz Vera Lúcia Ribeiro Estrela de Andrade Pinto, em acidente de carro (táxi) ocorrido nesta quarta-feira (8) no sul da Itália.

O governo libanês havia concedido a agrément a Andrade Pinto em abril e designação ainda não havia sido submetida à apreciação do Senado Federal.

O embaixador foi cônsul-Geral do Brasil em Milão desde 2015. Ele ingressou no Itamaraty em 1978. Segundo o MRE, o diplomata serviu na Delegação Permanente em Genebra, na Missão do Brasil junto às Nações Unidas em Nova York e nas embaixadas do Brasil na Cidade do México e em Ottawa (Canadá), como ministro-conselheiro e posteriormente embaixador. Ele também foi embaixador do Brasil no Haiti.

No Ministério das Relações Exteriores, o diplomata atuou como diretor do Centro de Estudos Estratégicos da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República e subsecretário-geral de política III (África, Oriente Médio e CPLP).

Agência Brasil

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/05/15-9.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/05/15-9-150x150.jpgPortal de Notícias CN1Mais NotíciasMais NotíciasO Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou nota lamentando o falecimento do embaixador Paulo Cordeiro de Andrade Pinto e de sua esposa, a embaixatriz Vera Lúcia Ribeiro Estrela de Andrade Pinto, em acidente de carro (táxi) ocorrido nesta quarta-feira (8) no sul da Itália. O governo libanês havia concedido...
slp6p5

jku7bl