Projeção do site UOL aponta que 16 partidos devem esbarrar na cláusula de barreira e não ter mais direito a recursos do fundo partidário. A análise teve como base resultado divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na madrugada desta segunda-feira (8/10). O levantamento será divulgado, ainda ao longo desta semana, pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) e Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados.

Segundo a reportagem, para garantir o fundo partidário e tempo de propaganda na TV e no rádio, as legendas precisavam alcançar 1,5% dos votos para a Câmara, distribuídos em 9 estados e com
mínimo de 1% dos votos em cada um deles, ou, então, eleger ao menos nove deputados em nove estados. O partido Novo, no entanto, contestou a projeção feita pelo site e disse que, pelos cálculos deles, a sigla não seria barrada. O mesmo acontece com o Pros.

Apesar de eleger cinco senadores, quatro a mais do que na eleição anterior, a Rede não teve o mesmo desempenho na Câmara dos Deputados e, por isso, esbarraria na cláusula de barreira.
Ao contrário de Jair Bolsonaro (PSL), por exemplo, que impulsionou votos e ajudou a eleger 52 deputados federais, Marina Silva, oitava colocada na disputa ao Planalto, ficou distante de tal feito, vendo apenas um candidato de seu partido chegar à Casa.

O Novo, de João Amoêdo e de Romeu Zema – que está no segundo turno para o governo de Minas Gerais –, seria outra sigla a descumprir as exigências da cláusula de barreira, com apenas oito deputados eleitos. Além deles, teriam sido atingidos: PTC, PMN, PRP, PV, Avante, PSTU, PCB, PRTB, DC, PCO, PPL, Patriota, Pros e PMB.

Metrópoles

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/10/02-10.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2018/10/02-10-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PolíticaPolíticaProjeção do site UOL aponta que 16 partidos devem esbarrar na cláusula de barreira e não ter mais direito a recursos do fundo partidário. A análise teve como base resultado divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na madrugada desta segunda-feira (8/10). O levantamento será divulgado, ainda ao longo desta...Portal de Notícias CN1
slp6p5

jku7bl