Na sexta-feira, 15, Paulo Damião dos Santos, de 42 anos, foi assassinado a tiros quando manobrava seu táxi numa rua no bairro do Bessa, em João Pessoa, Paraíba. Um passageiro desceu de outro carro e disparou 3 tiros contra o taxista, que não resistiu e morreu.

O assassino, Gustavo Teixeira Correia, também de 42 anos, estava voltando para casa num uber quando se irritou e xingou Paulo, que respondeu com outro xingamento. Gustavo então disparou e matou o taxista, fugindo a pé para casa.

Um vídeo do circuito de segurança de um comércio localizado no bairro do Bessa pegou o exato momento em que o taxista foi assassinado. Os tiros foram à queima-roupa.

Segundo a Polícia Militar, o corretor de imóveis, que foi responsável pelo crime, cometeu o assassinato após se irritar com o motorista porque ele estaria “atrapalhando” a passagem do veículo que ele vinha como carona. Pelo vídeo é possível ver o assassino descendo do banco do passageiro, indo brigar com a vítima e logo em seguida atirar.

As imagens também mostram que após disparar, o corretor sai do local friamente como se nada tivesse acontecido. Pessoas que estavam perto correram para socorrer Paulo, que chegou a ser levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não resistiu e morreu.

O criminoso fugiu para casa, também no bairro do Bessa, onde ficou escondido na companhia da sua esposa. A PM cercou a residência e depois de algumas horas de negociação, o homem se entregou. Isso aconteceu por volta das 22h dessa sexta-feira (15). Muito curiosos estiveram no local acompanhando o momento de tensão. Quando o corretor se entregou, vários populares gritavam por “assassino”.

Já durante a madrugada na delegacia, no bairro do Geisel, um grupo de manifestantes, familiares, amigos e vários taxista fizeram um protesto cobrando justiça pelo crime que aconteceu de forma banal em plena luz do dia.

Mais uma morte provocada por arma de fogo e por um motivo banal. A flexibilização do posse/porte de armas é o prenúncio de um sem número de tragédias evitáveis no Brasil.

Informações Blog do Gilberto Lima 

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/02/10-33.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/02/10-33-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PolíciaPolíciaNa sexta-feira, 15, Paulo Damião dos Santos, de 42 anos, foi assassinado a tiros quando manobrava seu táxi numa rua no bairro do Bessa, em João Pessoa, Paraíba. Um passageiro desceu de outro carro e disparou 3 tiros contra o taxista, que não resistiu e morreu. O assassino, Gustavo Teixeira...
slp6p5

jku7bl