Crédito: Jarbas Oliveira/Folhapress

A maior onda de ataques criminosos no Ceará chega ao 5º dia neste domingo (6). Da madrugada de sábado até este domingo foram registrados ataques a prédio público, posto de combustível, carros, caminhões e ponte na BR-116.

Houve ocorrências em Fortaleza, Acaraú, Aurora, Baturité, Marco, Maracanaú, Chaval, Quixeramobim e Tabuleiro do Norte. Até as 9h deste domingo, o Sistema Jangadeiro já contabiliza 102 ataques em 32 municípios no estado.

Em um dos casos na capital, homens que tentaram atear fogo contra o Detran do Conjunto Ceará foram perseguidos pela polícia. Um dos suspeitos fugiu e dois foram baleados e morreram após chegar ao hospital.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o número de presos e apreendidos chega a 103. Do total, 53 capturas ocorreram após a chegada da Força Nacional ao estado.

Apesar da chegada da Força Nacional no Ceará na última sexta-feira (4), solicitada pelo governador Camilo Santana, os crimes continuam. Ônibus, caminhões, prédios públicos, supermercados, concessionárias, estacionamento de shopping, passarelas e fotossensores também foram alvos dos bandidos.

Crédito: Reprodução

Em pichações deixadas em muros de escola municipal e posto de saúde, bandidos dizem que onda de ataques só vai parar com saída do secretário da Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque.

Com reforço da Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, foram registrados dois ataques na noite de sábado (5) em Fortaleza e um durante a madrugada deste domingo (6) em uma delegacia na cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana da capital.

Na capital, foi registrado um ataque a um posto de observação da Guarda Municipal por volta de 19h deste sábado. Dois suspeitos em uma motocicleta passaram atirando contra o posto policial. Nenhum agente de segurança ficou ferido. Os criminosos incendiaram duas bombas de combustível e em duas salas do escritório de um posto de gasolina na rodovia BR-116, no Bairro Messejana. Já no interior, dois caminhões foram incendiados no pátio da Prefeitura de Barroquinha, norte do estado.

Crédito: Natinho Rodrigues/SVM

As detenções de suspeitos ocorreram entre quarta-feira (2) e a noite de sábado (5), segundo nota divulgada pela SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social) na manhã deste domingo (6).

Desde sábado (5), as forças estaduais de segurança contam com o apoio de 300 agentes da Força Nacional, que ficarão no estado por ao menos 30 dias. Durante as primeiras horas de apoio da tropa federal, 53 pessoas foram detidas, segundo a Secretaria da Segurança.

A Secretaria da Segurança Pública afirmou que realiza blitze em pontos estratégicos da capital Fortaleza e que policiais estão viajando em ônibus municipais para evitar que sejam atacados. “Após o início da operação realizada pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), no interior dos coletivos na Grande Fortaleza, nenhum ônibus foi incendiado na Capital e Região Metropolitana desde o início da noite de sexta-feira”, informou, em nota oficial, a secretaria.

Crédito: SVM

“Nos flagrantes realizados até agora, foram apreendidas armas de fogo, entre elas um fuzil mosquefal, munições, galões de gasolina e coquetéis molotovs [bombas incendiárias]”, afirmou a pasta. Em vídeo publicado nas redes sociais na tarde de sábado (5), o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), afirmou que a onda de ataques tem como objetivo fazer com que o governo recue de medidas “duras e necessárias” que tem adotado. “O que não há nenhuma possibilidade de acontecer. Pelo contrário: endureceremos cada vez mais contra o crime”, afirmou.

De acordo com a secretaria, o policiamento também está reforçado nos terminais de ônibus e nos principais corredores comerciais e bancários. De 1.810 ônibus urbanos e 350 ônibus metropolitanos, apenas 108 estão operando neste domingo (6). O mesmo ocorreu ontem. Em cada um deles, há três policiais de prontidão.

Crédito: SVM

Sábado (5)
• Garagem de transportes públicos incendiada em Ibaretama
• Carro incendiado por criminosos em Maracanaú
• Agência da Caixa Econômica Federal atacada com tiros na Praia de Iracema, em Fortaleza
• Carros incendiados em frente a concessionária no Centro de Fortaleza
• Três carros incendiados no Fórum na cidade de Pacoti durante a madrugada
• Prédio da Secretaria de Meio Ambiente de Pacoti atacado por criminosos. Salas foram quebradas e um carro foi incendiado
• Ônibus escolar incendiado em Icapuí
• Caminhão com frangos incendiado em Caucaia
• Ataque à sede da Prefeitura de Pacatuba
• Ataque ao VLT de Sobral
• Carro incendiado em Iguatu
• Ataque a posto de combustível em Iguatu
• Ônibus escolar incendiado em Jijoca de Jericoacoara
• Ataque ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Sobral
• Fórum de Juazeiro do Norte é acatacado a tiros
• Caminhão de lixo incendiado no Bairro Pirambu, em Fortaleza
• Bandidos atiraram e arremessaram uma bomba caseira em um supermercado no Bairro Vila Velha, em Fortaleza
• Cinco ônibus escolares incendiados em Morrinhos
• Dois carros incendiados na rua Belos Portos, Bairro Barroso, em Fortaleza
• Incêndio em carro de lixo em Abreulândia, em Fortaleza
• Agência bancária é atacada na cidade de Varjota
• Criminosos explodem bomba em ponte entre os municípios de Varjota e Santa Quitéria
• Van foi incendiada, e motorista ficou ferido no Bairro Paraíso das Flores, em Sobral
• Pátio de uma empresa que mantinha veículos apreendidos pela PRE é incendiado em Caucaia
• Dois caminhões da Prefeitura de Barroquinha foram incendiados. Um foi totalmente destruído
• Posto de observação da Guarda Municipal foi alvo de tiros na noite de sábado, em Fortaleza
• Um posto de gasolina foi incendiado no Km 12 da BR-116, em Messejana, na capital

Domingo (6)
• Carro incendiado em frente ao 29º DP, delegacia da Pajuçara, em Maracanaú

Crédito: José Leomar/SVM

Informações do UOL e G1

https://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/01/07-3.jpghttps://www.portalcn1.com.br/wp-content/uploads/2019/01/07-3-150x150.jpgPortal de Notícias CN1PaísPaísA maior onda de ataques criminosos no Ceará chega ao 5º dia neste domingo (6). Da madrugada de sábado até este domingo foram registrados ataques a prédio público, posto de combustível, carros, caminhões e ponte na BR-116. Houve ocorrências em Fortaleza, Acaraú, Aurora, Baturité, Marco, Maracanaú, Chaval, Quixeramobim e Tabuleiro...
slp6p5

jku7bl