Abalada com prisão, modelo faz jejum e sente falta dos filhos, diz advogado ~ CN1 | O seu Portal de Notícias

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Abalada com prisão, modelo faz jejum e sente falta dos filhos, diz advogado


Vanessa Alcântara está há 15 dias presa após ser acusada de agressão.

Juíza nega liberdade por comportamento violento e risco à ordem pública.

Hildeberto Jr.
Do G1 Campinas e Região
Sexta-Feira, 22 de abril de 2016

Vanessa foi presa após confusão em delegacia de Valinhos  (Foto: Reprodução/ Facebook)Vanessa Alcântara está presa na Penintenciária Feminina de Campinas (Foto: Reprodução/ Facebook)

Após 15 dias, Vanessa Alcântara, acusada de agredir uma escrivã na Delegacia da Defesa da Mulher de Valinhos, continua presa na Penitenciária de Campinas. Nesse período, a Justiça negou três pedidos de liberdade feitos pela defesa dela e por isso a modelo terá que aguardar a realização de uma audiência, sem previsão de data para acontecer, para saber qual será o seu futuro, diz Evandro Campoi, advogado da modelo.
Campoi tem sido uma da poucas pessoas que tem tido contato com a jovem na cadeia. De acordo com ele, a modelo está abalada com a prisão. Nos primeiros dias na Penintenciária de Campinas, Vanessa ficou em jejum por três dias e a pedido dela, está sendo mantida em uma cela separada das outras detentas, chamada de seguro.
“Ela tem recebido ameaças de outras detentas por causa dessa história da briga com o avô e também tem medo do assédio das mulheres”, revela.
Ordem pública
O advogado argumenta que não há razões para manter a jovem presa, pois ela não é uma pessoa perigosa. “Os crimes pelos quais ela é acusada não são graves, ela não vai atrapalhar o processo, está disposta a coloborar com Justiça e não representa perigo à sociedade”, diz.
Já o despacho da juíza Daniella Aparecida Soriano UccelliI, que o G1 teve acesso, alega que a modelo representa um risco a ordem pública. “… a custódia cautelar da indiciada no caso presente resguarda a ordem pública, assegura a aplicação da lei penal e preserva a a instrução criminal, já que ela demonstrou comportamento desmedidamente violento e agressivo diante de servidores públicos e da autoridade policial, nas dependências da Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher desta Comarca – o que deixa evidente a falta de sujeição da indiciada a normas e ordens que todas as pessoas devem cumprir.”, diz um dos trechos do documento.
Ainda de acordo com Campoi, o que tem mais preocupado a modelo é a falta de contato com os filhos. Vanessa tenta recuperar a guarda dos dois filhos, no entanto teme que com a prisão isso fique ainda mais difícil, relata o advogado. “O maior desejo dela é ver os filhos e poder visitá-los, pois isso é o que mais faz ela sofrer”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes