jku7bl

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

 PRF recupera no Maranhão moto roubada no Piauí

PRF recupera no Maranhão moto roubada no Piauí


Foto; Reprodução
Na tarde da última sexta-feira (22) , uma equipe Polícia Rodoviária Federal, compareceu no km 264 da BR-316, no município de Santa Inês, interior do estado, quando abordou uma motocicleta Honda/NXR/160/Bros cor azul, com placas aparentes do Piauí.

Segundo a PRF, a abordagem aconteceu às 15h45, sendo o condutor um autônomo, natural de Pindaré Mirim, residente e domiciliado no município de Bela Vista do Maranhão. No momento da fiscalização o autor não portava documentos de identificação e nem do veículo. A equipe realizou os procedimentos para verificação minuciosa dos elementos identificadores do veículo, sendo constatado várias irregularidades.

A polícia perguntou ao condutor sobre a origem e procedência do veículo, o suspeito respondeu que comprou a moto de um morador da cidade de Teresina, estado do Piauí, sendo-lhe entregue na cidade de Bacabal, interior do Maranhão. O valor pago pela mesma foi de 10.000,00, sendo 6.000,00 à vista e restante, 4.000,00, seria pago depois que recebesse o recibo do veículo. Que na ocasião só recebeu do mesmo o CRLV exercício 2020 do veículo.

Perguntado sobre esse documento, o suspeito falou que estava em sua casa e apresentaria em seguida. Foi apresentado o CRLV do DETRAN -PI, sendo após análise documentoscópica ficou constatado que o mesmo pertence a um lote de CRLVs roubados/furtados conforme Boletim de Ocorrência registrado em Teresina, em 2019. Dessa forma, foi consubstanciado a ocorrência do crime de receptação de veículo, bem como adulteração do respectivo CRLV.

O autor foi encaminhado para as providências que o caso requer.
   Preso por assassinato e ocultação de cadáver no interior do Maranhão

Preso por assassinato e ocultação de cadáver no interior do Maranhão


Foto: Reprodução
Na última sexta-feira (22), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Regional de Itapecuru Mirim, cumpriu ordem judicial de prisão preventiva em desfavor de um suspeito pelo crime de roubo.

De acordo com a polícia, o indivíduo é faccionado do comando vermelho, juntamente com seu comparsa no crime, que já estava preso. Os dois são autores do crime de latrocínio.

As investigações apontam que os dois suspeitos ocultaram o cadaver, recentemente encontrado, depois da confissão do comparsa.

Os suspeitos eram atuantes na região da Estiva, Vila Samara, Rosário, Bacabeira, Santa Rita, Itapecuru, com roubos a Vans, homicídios, dentre outros crimes.
   Acidentes com quebra de postes da rede elétrica diminuem na região dos cocais, mas Equatorial Maranhão alerta para o perigo

Acidentes com quebra de postes da rede elétrica diminuem na região dos cocais, mas Equatorial Maranhão alerta para o perigo

As ocorrências de acidentes com quebra de postes da rede de energia elétrica são comuns na mídia. Situações como essas afetam não só o condutor e ocupantes do veículo, como também as unidades consumidoras próximas ao local do incidente, que têm o fornecimento de energia interrompido, além das complicações para motoristas que precisam trafegar e o trânsito acaba ficando complicado na localidade do acidente.
Em 2020, por conta do isolamento social, registros da Equatorial Maranhão mostram que o número de ocorrências diminuiu em relação a 2019. Ano passado foram registradas 1.525 em todo o estado, enquanto em 2019, a empresa teve o registro de 2.242 ocorrências de acidentes. Vale ressaltar que esses dados são referentes aos acidentes que envolvem apenas os postes da rede de distribuição de energia elétrica. Sobre postes de iluminação pública é necessário consultar dados da Prefeitura.

“Os transtornos causados por esse tipo de acidente são grandes, principalmente o desconforto pela falta da energia elétrica, sobretudo em áreas onde tem imóveis que prestam serviços essenciais, como postos de saúde, delegacias, clínicas, lotéricas e para as pessoas que moram na área desse acidente. Além disso, o dinheiro/recurso utilizado para repor o poste e os componentes danificados, poderia ser utilizado para ampliar as ações de melhoria da qualidade de energia fornecida para as cidades maranhenses, ” destaca Stephanie Machado, Executiva de Operações da Equatorial Maranhão. 

De acordo com os órgãos de trânsito, estes acidentes geralmente ocorrem durante a madrugada ou finais de semana e são provocados por excesso de velocidade, estado de embriaguez, sonolência do condutor ou falhas mecânicas por falta de manutenção dos veículos.

Para que o número de acidentes não cresça, o esforço de prevenção deve partir principalmente dos condutores de veículos. Respeitar os limites de velocidade, não dirigir sob efeito de bebida alcóolica e não utilizar o celular ao volante são regras que, quando cumpridas, resguardam a vida do motorista, dos passageiros e da população de modo geral.

Confira os números de acidentes com quebra de postes de alguns municípios da região leste do Maranhão:

ANO

ESTADO DO MARANHÃO

CAXIAS

CHAPADINHA

CODÓ

TIMON

2019

2.242 ocorrências

 

25 ocorrências

19

ocorrências

24 ocorrências

30 

ocorrências

2020

1.525 ocorrências

 

14 ocorrências

08

ocorrências

24 ocorrências

11

ocorrências

 O que fazer quando acontece um acidente com quebra de poste?

Em caso de ocorrências dessa natureza, a Equatorial Maranhão ressalta que a população entre em contato por meio da Central 116 e informe o local com ponto de referência, e que ligue também para o SAMU (192). A orientação é que as pessoas não se aproximem de fios e cabos e que não toquem em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Nos casos em que a estrutura do poste caia sobre o carro, a orientação é que a vítima não saia de dentro do veículo até a chegada das equipes da Equatorial, que irão isolar a área e desligar a energia com segurança para todos.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão
  Aposentados do INSS começam a receber benefícios com reajuste

Aposentados do INSS começam a receber benefícios com reajuste


Calendário de pagamentos segue número final de cartão do beneficiário.
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Desde de segunda-feira (25), aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham um salário mínimo começam a receber os benefícios com reajuste em suas contas. O calendário já havia sido anunciado pela autarquia em dezembro do ano passado.

Os depósitos seguirão a sequência de anos anteriores, com um calendário para quem recebe um salário mínimo e outro para quem ganha mais. Para cada categoria, as datas de pagamento serão determinadas pelo número final do cartão, sem considerar o dígito verificador (que vem depois do traço). Os primeiros a receber são aqueles que possuem número final do cartão 1 e recebem um salário mínimo.
Esse calendário abrange a maioria dos 35 milhões de segurados. Antigos beneficiários que recebem fora da sequência do número do cartão, continuarão a ser pagos na data atual.

Em 2021, o INSS reajustou o valor do benefício de R$ 1.045 para R$ 1.100, no caso de quem ganha um salário mínimo. O aumento, para esses aposentados e pensionistas, será de 5,26%. Quem ganha acima do salário mínimo terá um reajuste de de 5,45%, seguindo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor acumulado de 2020.

Rafael Vilela/Agência Brasil
    Começam nesta terça-feira as inscrições para o Fies 2021

Começam nesta terça-feira as inscrições para o Fies 2021


Resultado será divulgado no dia 2 de fevereiro.

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Começam hoje (26) e vão até o dia 29 de janeiro as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), este ano o Fies vai oferecer 93 mil vagas 

As inscrições podem ser feitas no portal Fieis. O resultado da seleção será divulgado no dia 2 de fevereiro.

Em caso de pré-seleção para uma vaga na chamada única do Fies, o candidato terá o período de 3 a 5 de fevereiro de 2021 para complementar sua inscrição.

Quem não for pré-selecionado vai automaticamente para a lista de espera. A convocação por meio da lista de espera ocorrerá de 3 de fevereiro até 18 de março de 2021.

Pelo regulamento do programa, os candidatos pré-selecionados na lista de espera deverão complementar a inscrição no prazo de três dias úteis, contados do dia subsequente ao da divulgação de sua pré-seleção no FiesSeleção.

Criado em 1999, o Fies tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Pode se inscrever no processo seletivo do Fies o candidato que participou do Enem, a partir da edição de 2010, e tenha obtido média aritmética nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a 0 na redação.

Também é necessário ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

O programa é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; o percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino. Já o P-Fies tem regras específicas e funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

Fies segundo semestre
Na segunda-feira  (25), o MEC publicou, no Diário Oficial da União, as regras para o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao segundo semestre de 2021. O cronograma de seleção, entretanto, ainda será publicado em edital específico.

A portaria dessa segunda-feira trata dos procedimentos e regras de oferta de vagas pelas instituições de educação superior, seleção das vagas a serem ofertadas, inscrição dos candidatos, classificação e pré-seleção dos candidatos, complementação da inscrição pelos candidatos pré-selecionados e redistribuição das vagas entre os grupos de preferência.

Luciano Nascimento/Agência Brasil
      Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira

Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 poderão conferir nesta quarta-feira (27) os gabaritos oficiais das provas objetivas do exame. O Enem impresso foi aplicado nos dias 17 e 24 de janeiro. Os participantes resolveram questões objetivas de matemática, ciências da natureza, ciências humanas e linguagens. Fizeram também a prova de redação, a única subjetiva do exame. 

Os gabaritos serão divulgados no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Mesmo com os gabaritos em mãos, não é possível saber a nota no exame. Isso porque o Enem é corrigido com base na chamada teoria de resposta ao item (TRI), que leva em consideração, entre outros fatores, a coerência de cada estudante na própria prova.

Ou seja, se ele acertar questões difíceis, é esperado que acerte também as fáceis. Se isso não acontecer, o sistema entende que pode ter sido por chute. O estudante, então, pontua menos que outro candidato que tenha acertado as mesmas questões difíceis, mas que tenha acertado também as fáceis. 

A previsão para a divulgação dos resultados finais é dia 29 de março. Nessa data, os participantes saberão também quanto tiraram na redação. No entanto, somente depois da divulgação do resultado, em data ainda a ser definida, os candidatos terão acesso à correção detalhada da prova de redação, apenas para fins pedagógicos. 

Ao todo, segundo o Inep, cerca de 2,5 milhões de candidatos fizeram as provas este ano, número que representa menos da metade dos participantes inscritos nas provas. O Enem 2020 terá ainda uma versão digital, que será aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

As notas poderão ser usadas para acessar o ensino superior e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) - que oferece vagas em instituições públicas - Programa Universidade para Todos (ProUni) - que oferece bolsas de estudo em instituições privadas - e, Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que oferece financiamento em condições mais vantajosas que as de mercado. 

Reaplicação
O Enem ocorreu em meio à pandemia do novo coronavírus e, por isso, adotou uma série de medidas de segurança, como o uso obrigatório de máscaras. Os participantes que estivessem com sintomas de covid-19 ou outra doença infectocontagiosa não deveriam comparecer aos locais de prova.

Esses estudantes poderão fazer o exame na data da reaplicação, nos dias 23 e 24 de fevereiro. Para isso, aqueles que ainda não o fizeram, têm até o dia 29 para solicitar a reaplicação na Página do Participante.] Podem também pedir para participar da reaplicação os candidatos que foram prejudicados por questões logísticas, como falta de água ou luz e aqueles que foram impedidos de fazer o exame porque as salas estavam lotadas e era preciso garantir o distanciamento entre os participantes. Segundo o Inep, isso ocorreu em pelo menos 37 escolas de 11 cidades.

As provas foram canceladas no estado do Amazonas, em Rolim de Moura (RO) e em Espigão D'Oeste (RO) por causa da pandemia. Esses estudantes também deverão fazer o exame na data da reaplicação. Eles não precisarão, contudo, solicitar a participação. Segundo o Ministério da Educação, foram cerca de 20 ações judiciais em todo o país contrárias à realização do exame.

Mariana Tokarnia/Agência Brasil

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

   Lewandowski autoriza inquérito contra Eduardo Pazuello por crise no Amazonas

Lewandowski autoriza inquérito contra Eduardo Pazuello por crise no Amazonas


Agora, Pazuello passa a ser formalmente investigado no Supremo por suposta omissão.

Por Márcio Falcão e Fernanda Vivas, TV Globo — Brasília

Lewandowski autoriza inquérito contra Eduardo Pazuello por crise no AM Foto: Agência Brasil 
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski autorizou nesta segunda-feira (25) a abertura de inquérito para investigar a conduta do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na crise de saúde do Amazonas – causada pela superlotação dos leitos hospitalares e pelo colapso no fornecimento de oxigênio. As informações são do Portal G1.

Agora, Pazuello passa a ser formalmente investigado no Supremo por suposta omissão. A investigação vai começar pelo depoimento do ministro à Polícia Federal. Ainda não há data para a prestação destes esclarecimentos.

Como investigado, Pazuello terá que apresentar informações sobre as ações efetivamente adotadas em relação ao estado da saúde pública de Manaus. Lewandowski definiu prazo inicial de 60 dias para as investigações da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Na decisão, o ministro do STF definiu que o depoimento de Pazuello deve ocorrer em até cinco dias após a intimação. O relator também determinou que, considerando a fase embrionária das investigações, Pazuello terá a prerrogativa de marcar o dia, o horário e o local para ser ouvido pela Polícia Federal.

O envio do caso a Lewandowski foi determinado nesta segunda pela vice-presidente do STF, Rosa Weber – que está à frente do plantão judiciário durante o recesso. Lewandowski já é relator de outros temas ligados à pandemia e, por isso, foi designado como responsável pela análise.

O pedido de inquérito foi enviado ao Supremo no sábado (23) pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, com base em uma representação do partido Cidadania e em informações apresentadas pelo próprio ministro Pazuello – além de apuração preliminar da própria PGR.

Após o pedido da PGR ao Supremo, o Ministério da Saúde informou que aguardaria a notificação oficial para se manifestar.

O pedido da PGR
No documento enviado ao STF na última semana, a PGR afirma que o Ministério da Saúde recebeu informações sobre um possível colapso do sistema de saúde na capital do Amazonas ainda em dezembro, mas só enviou representantes ao estado em janeiro deste ano.

A PGR também aponta indícios de atraso para o envio efetivo de oxigênio hospitalar às cidades amazonenses – a falta do insumo levou à morte de dezenas de pacientes com Covid-19 neste mês.

Um outro fato chamou a atenção da PGR. No dia 14 de janeiro, portanto oito dias depois de Eduardo Pazuello saber do iminente colapso no sistema de saúde de Manaus, o ministério fez a entrega de 120 mil unidades de hidroxicloroquina, como medicamento para tratar a Covid-19, quase a mesma quantidade de testes do tipo PCR que havia sido entregue ao estado do Amazonas.

Aras afirma que "a distribuição de cloroquina foi iniciada em março de 2020, inclusive com orientações para o tratamento precoce da doença, todavia sem indicar quais os documentos técnicos serviram de base à orientação". A cloroquina não tem eficácia comprovada.

O procurador-geral defende o aprofundamento nas investigações sobre os "gravíssimos fatos imputados" ao ministro, "considerando que a possível intempestividade nas ações do representado, o ministro Eduardo Pazuello, o qual tinha dever legal e possibilidade de agir para mitigar os resultados, pode caracterizar omissão passível de responsabilização cível, administrativa e/ou criminal".

"Mostra-se necessário o aprofundamento das investigações, a fim de se obter elementos informativos robustos para a deflagração de eventual ação judicial", diz Aras.





















































































Mulher mata a filha de cinco anos em Alagoas; criança teve os olhos e a língua arrancados

Mulher mata a filha de cinco anos em Alagoas; criança teve os olhos e a língua arrancados

Imagem ilustrativa
Uma mulher matou a própria filha de cinco anos e arrancou os olhos e a língua da criança com uma tesoura. O crime aconteceu no domingo (24) no Povoado São Cristóvão, em Maravilha, no Sertão de Alagoas. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (25) pela Polícia Civil. As informações são do Portal G1 Alagoas.

Segundo a polícia, a suspeita tem transtornos mentais. Não há informações, no entanto, se ela teria arrancado os órgãos da criança depois de matá-la. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a perícia.

O 7º Batalhão da Polícia Militar (7º BPM) esteve no local e constatou o crime. A identidade da mulher e da criança não foram divulgadas.

Após o flagrante, a suspeita foi encaminhada à 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Delmiro Gouveia.

O caso vai ser investigado pelo delegado Diego Nunes, da Delegacia Regional de Ouro Branco.



   Governo do Maranhão volta atrás e decide não suspender pequenos eventos

Governo do Maranhão volta atrás e decide não suspender pequenos eventos


Medida entraria em vigor nesta terça-feira (26). Secretário Carlos Lula disse que atende a manifestações de segmentos do setor.

Após divulgar a suspensão de eventos de pequeno porte em todo o Maranhão, o governo estadual voltou atrás e disse que não tomará mais a medida. Em uma postagem nas redes sociais, o secretário de Saúde, Carlos Lula, disse que a decisão foi tomada diante de manifestações do segmentos de eventos.

"Dialogaremos com os envolvidos e o Ministério Público ao longo da semana para deliberar sobre o assunto", disse o secretário.

A suspensão dos eventos de pequeno estaria valendo a partir desta terça-feira (26) e duraria 14 dias, como forma de conter o avanço da pandemia de Covid-19. Nesta segunda (25), a ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid na Grande São Luís chegou a 82% e 93% em Imperatriz.

Outras medidas anunciadas nesta segunda-feira:

O aumento da oferta de leitos em hospitais de referência do estado para pacientes com Covid-19;

Suspensão, por duas semanas, até 50% da capacidade, as cirurgias e consultas eletivas na rede estadual de saúde.

Aumento de leitos
Por conta do aumento no número de internações em enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTI), serão implementados novos leitos para pacientes com Covid-19 em hospitais de referência para a doença em São Luís e em municípios do interior do estado.

Carlos Lula explicou que o aumento no número de leitos é resultado do crescimento elevado nas taxas de ocupação. Segundo o secretário, os números registrado nos últimos dias no estado, é semelhante aos que foram notificados durante o mês de junho de 2020, período crítico da pandemia no Maranhão.

"Nas últimas semanas tivemos uma aceleração muito grande no número de internações, muito grande mesmo, considerável. Então, as cidades de São Luís, Santa Inês, Pinheiro, Balsas e Imperatriz atingiram taxas críticas de ocupação de seus leitos, o que a gente não via há muito tempo. Os dados da regulação de leitos apontam que o número de leitos solicitados, seja de enfermaria ou seja de UTI, remete a dados que tínhamos no mês de junho do ano passado. Então, de fato, tivemos um crescimento no número de casos", disse Lula.

Em São Luís, o Hospital Dr. Carlos Macieira vai voltar a atender casos exclusivos de internação para o novo coronavírus. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), desde agosto, a unidade tinha 11 leitos de UTI para a doença e por conta do aumento de internações, o hospital chegou a 60 leitos exclusivos para a Covid-19.

Serão inaugurados, em 1º de fevereiro, mais 50 leitos no Hospital Aquiles Lisboa, no bairro Vila Nova. Já em Imperatriz, vão ser abertos mais 11 leitos no Hospital Macrorregional a partir de terça-feira (26). E a partir de terça, o Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá, no interior do estado, vai passar a receber pacientes com Covid-19 vindos de Pinheiro e Santa Inês.

Atendimento de casos de Covid-19
A secretaria também anunciou uma mudança, a partir dessa terça-feira (26), no sistema da rede de atendimento aos pacientes com Covid-19, para conseguir atender a demanda da procura pelos serviços de saúde.

Na Grande Ilha de São Luís, as unidades mistas e Unidades Básicas de Saúde (UBS), vão continuar atendendo casos leves de Covid-19 e os hospitais do estado, devem atender casos moderados a grave. Veja como deve ficar:

UPA do Parque Vitória e Vinhais: passam a ser exclusivas para atendimento de pacientes com Covid-19, com casos moderados a graves;

UPA do Itaqui-Bacanga, Araçagy e Policlínica do Cohatrac: vão atender somente pacientes que não estão com Covid-19;

UPA Cidade Operária e de Paço do Lumiar: vão atender os dois tipos de caso, ou seja, pacientes com sintomas de Covid-19 ou sem sintomas.

Os hospitais Genésio Rêgo, Dr. Carlos Macieira, Raimundo Lima, HCI e Presidente Dutra passam a atender, exclusivamente, pacientes com Covid-19 que apresentem quadro clínico de moderado a grave.

Informações do G1 Maranhão
    Secretária de Educação de Chapadinha participa de encontro sobre 'Alinhamento Educacional' promovido pela Regional de Educação

Secretária de Educação de Chapadinha participa de encontro sobre 'Alinhamento Educacional' promovido pela Regional de Educação

 Por Por Portal  CN1

Na manhã desta segunda-feira (25) a Secretária Municipal de Educação de Chapadinha Nara Macedo, participou do encontro, que visa alinhar as metas educacionais e fortalecer ações de parceria e de apoio às secretarias Municipais de Educação, com foco na qualidade do ensino e da aprendizagem promovido pelo governo do estado através da Secretaria de Estado da Educação.
A secretária Municipal de Educação, professora Nara Macedo, considerou o evento produtivo e parabenizou a URE pela iniciativa. “Minha avaliação é que foi muito proveitoso esse evento, serviu de troca de informações entre estado e municípios, de forma que a URE está de parabéns pelo belíssimo evento”, avaliou a secretária.
Além da Secretaria de Educação de Chapadinha, as secretarias de Anapurus, Buriti e Brejo, também participaram do evento, que foi coordenado pelo Gestor Regional de Educação professor Francisco Barros, com a participação da diretora de educação professora Henajeria Cristina Barros Soares, o articulador pedagógico João Damiani e do técnico do Mais Ideb professor Jesus.
Durante o encontro foram discutidos temas como calendário letivo, construção de prédios escolares, termo de cooperação com os municípios, Seama/Saeb, pacto pela aprendizagem, transporte escolar, entre outros temas relacionados, tais como o sistema estadual de avaliação do Maranhão, permuta de servidores por meio de cooperação mútua entre estado e municípios, promoção do busca ativa em parceria com o UNICEF, as ferramentas do censo escolar e os impactos da pandemia sobre a educação também foram debatidos durante o encontro.
















Secretária de Educação de Buriti participa de encontro promovido pela Regional de Chapadinha-MA

Secretária de Educação de Buriti participa de encontro promovido pela Regional de Chapadinha-MA


Por Portal CN1/Luiz Carlos Júnior 

Na manhã desta segunda-feira (25) a Secretária Municipal de Educação de Buriti Gabriela Chaves acompanhada da Assessora de Avaliação e Planejamento Ana Baldez e da Assessora de Supervisão Escolar Tuany Costa, participou do encontro, que visa alinhar as metas educacionais e fortalecer ações de parceria e de apoio às secretarias Municipais de Educação, com foco na qualidade do ensino e da aprendizagem promovido pelo governo do estado através da Secretaria de Estado da Educação.
Além da Secretaria de Educação de Buriti, as secretarias de Anapurus, Brejo e Chapadinha, também participaram do evento, que foi coordenado pelo Gestor Regional de Educação professor Francisco Barros, com a participação da diretora de educação professora Henajeria Cristina Barros Soares, o articulador pedagógico João Damiani e do técnico do Mais Ideb professor Jesus.
Durante o encontro foram discutidos temas como calendário letivo, construção de prédios escolares, termo de cooperação com os municípios, Seama/Saeb, pacto pela aprendizagem, transporte escolar, entre outros temas relacionados, tais como o sistema estadual de avaliação do Maranhão, permuta de servidores por meio de cooperação mútua entre estado e municípios, promoção do busca ativa em parceria com o UNICEF, as ferramentas do censo escolar e os impactos da pandemia sobre a educação também foram debatidos durante o encontro.







  Estão proibidas festas de pequeno porte durante 14 dias no Maranhão

Estão proibidas festas de pequeno porte durante 14 dias no Maranhão


Foto: Reprodução
Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (25), o secretário de Estado da Saúde Carlos Lula, anunciou que festas de pequeno porte, com 150 pessoas, estão suspensas durante 14 dias.

Essa medida deve começar a valer a partir desta terça-feira (26). Essa nova iniciativa é devido ao aumento significativo nos casos de covid-19 no estado.

Carlos Lula ainda informou que as cirurgias eletivas estão suspensas, por 14 dias, nos hospital de São Luís, Santa Inês, Pinheiro, Imperatriz e Balsas.

Ainda durante coletiva, foi informado que as UPAs do Parque Vitória e Vinhais, se tornam exclusivas para o atendimento de pessoas com sintomas do novo coronavírus. A população que estiver necessitando de alguma ajuda médica, devem procurar as UPAs do Itaqui-Bacanga, Araçagi e Policlínica, Cohatrac SPA. Nas UPAs dos bairros Cidade Operária e Paço do Lumiar, vão funcionar com o atendimento misto.
  Com atraso na vacina, Ministério da Saúde investe na compra de caixões para indígenas do Maranhão

Com atraso na vacina, Ministério da Saúde investe na compra de caixões para indígenas do Maranhão


Órgão vinculado ao ministério vai comprar urnas funerárias para atender a comunidades indígenas do Maranhão.

O Distrito Sanitário Especial Indígena do Maranhão, ligado ao Ministério da Saúde, anunciou a compra de 195 urnas funerárias para atender às comunidades indígenas do estado.

A estimativa é que sejam gastos 351.000 reais com os caixões e com a contratação de roupas e calçados para os enterros e 40.000 quilômetros de traslado rodoviário para carregar corpos.

Segundo os cálculos da Saúde, existem 37.169 indígenas no estado do Maranhão. O estado recebeu 164.000 doses da vacina Coronavac, mas os índios não são o único público prioritário, que inclui pessoal da saúde e idosos.

No edital que anunciou a compra, o governo não informa o número de índios que faleceram em decorrência da Covid-19 no Maranhão no ano passado.

O Edital termina com reticências quando o assunto são os números de mortos: “A média de óbitos infantil e adulto no ano de 2020 (até agosto de 2020) foi de…”, diz o edital.

Por Robson Bonin/Coluna Radar
Veja

  Alinhamento Educacional: Unidade Regional de Educação (URE/Chapadinha), promove encontro com Secretários Municipais de Anapurus, Buriti, Brejo, Chapadinha e Mata Roma

Alinhamento Educacional: Unidade Regional de Educação (URE/Chapadinha), promove encontro com Secretários Municipais de Anapurus, Buriti, Brejo, Chapadinha e Mata Roma

 

Por Portal  CN1

A Unidade Regional de Educação (URE/Chapadinha), reuniu na manhã desta segunda-feira (25), Dirigentes Municipais de Educação de Anapurus, Buriti, Brejo, Chapadinha e Mata Roma, que visa alinhar metas educacionais e fortalecer ações de parceria e de apoio às secretarias Municipais de Educação, com foco na qualidade do ensino e da aprendizagem.
O evento foi realizado no Centro de Ensino Dr. Paulo Ramos, e foi coordenado pelo Gestor Regional professor Francisco Barros, que contou com a participação da diretora de educação professora Henajeria Cristina Barros Soares, o articulador pedagógico João Damiani e do técnico do Mais Ideb professor Jesus.

Durante o encontro foram discutidos temas como calendário letivo, construção de prédios escolares, termo de cooperação com os municípios, Seama/Saeb, pacto pela aprendizagem, transporte escolar, entre outros temas relacionados, tais como o sistema estadual de avaliação do Maranhão, permuta de servidores por meio de cooperação mútua entre estado e municípios, promoção do busca ativa em parceria com o UNICEF, as ferramentas do censo escolar e os impactos da pandemia sobre a educação também foram debatidos durante o encontro.
Para o Gestor Regional, professor Francisco Barros, o primeiro encontro superou as expectativas. O objetivo do estado, manifestado pelo secretário Felipe Camarão, é manter essa parceria e estreitar os laços entre o estado e os municípios. "Considero muito produtivo este momento de hoje, já preparando um encontro entre o secretário Felipe Camarão, que virá pessoalmente à região dialogar com prefeitos, secretários de educação e gestores escolares", destacou o gestor regional. 











































  Unidade Regional de Educação (URE/Chapadinha), realiza encontro com Dirigentes Municipais de Educação de  Água Doce, Araioses, Paulino Neves, Magalhães de Almeida, Santana, São Bernardo e Tutóia

Unidade Regional de Educação (URE/Chapadinha), realiza encontro com Dirigentes Municipais de Educação de Água Doce, Araioses, Paulino Neves, Magalhães de Almeida, Santana, São Bernardo e Tutóia

 

Por Portal CN1

Com objetivo de fortalecer a colaboração com municípios da Região do Baixo Parnaíba, a Unidade Regional de Educação (URE/Chapadinha), realizou na semana passada, o primeiro encontro com Dirigentes Municipais de Educação de Água Doce, Araioses, Paulino Neves, Magalhães de Almeida, Santana, São Bernardo e Tutóia. 
Coordenado pelo Gestor da Regional, professor Francisco Barros, o encontro contou com participação da diretora de educação professora Henajeria Cristina Barros Soares, o articulador pedagógico João Damiani e do técnico do Mais Ideb professor Jesus.
Durante o evento foram debatidos o fortalecimento do regime de colaboração entre os entes federados, as permutas, o Seama/Saeb, o pacto pela aprendizagem, transporte escolar, entre outros temas relacionados ao alinhamento educacional entre o estado e os municípios. 
Ao final do evento, parcerias e compromissos foram consolidados com os novos secretários municipais de Educação. "As ações conjuntas vão garantir mais condições para conquistar resultados expressivos e duradouros na melhoria da aprendizagem dos municípios da região do Baixo Parnaíba, em parceria com o governo do estado", destacou o professor Francisco Barros, gestor regional de Educação.
















Presidente do Iterma se reúne com vice-governador Carlos Brandão

Presidente do Iterma se reúne com vice-governador Carlos Brandão


O vice-governador Carlos Brandão recebeu na tarde da última sexta-feira (22), na sede da vice-governadoria, localizada no centro da capital, o presidente do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão – ITERMA, Junior Verde, acompanhado do diretor de Recursos Fundiários, Anderson Ferreira.

No encontro, o presidente do Iterma, Junior Verde, destacou os avanços que o Instituto vem realizando nos últimos meses em todos os setores, e pontuou a importância das ações conjuntas com os municípios através das ACT´s (Acordo de Cooperação Técnica), estendendo desta forma o processo de regularização fundiária no Estado. 

Dentre as principais metas estabelecidas pelo diretor/presidente do Instituto, foi realçado o alinhamento de novas ações de apoio a agricultura familiar, destaque para as áreas de assentamentos onde serão levados Kits de Irrigação, aumentando assim a produtividade e concedendo melhorias para estas famílias.

“Apresentamos ao vice-governador Carlos Brandão, o nosso plano integrado de ações com os gestores municipais, na certeza de alcançarmos resultados efetivos para agilizar o processo de regularização fundiária em todo o Estado”, concluiu Junior Verde.







  Sistema Integrado: Prefeitura de Chapadinha-MA, informatiza Rede de Assistência Social

Sistema Integrado: Prefeitura de Chapadinha-MA, informatiza Rede de Assistência Social


Por Portal CN1*
A Prefeitura de Chapadinha informatizou o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) e os três Centros de Referência em Assistência Social (CRAS). 
Benefício chegou as unidades da Vila Isamara, Areal e Campo Velho através da Secretaria de Assistência Social, que visa otimizar o fluxo de informações.
O secretário de Assistência Social, Pastor Douglas, declarou que os benefícios são vários, tendo como principais, agilizar e facilitar o trabalho dos profissionais que estão na linha de frente destes aparelhos sociais. 

“A informatização possibilita o melhor gerenciamento de dados e até aumenta a produtividade permitindo que um melhor planejamento das ações atinja resultados excelentes”, declarou o secretário.

*Com informações da Secom