Ônibus é incendiado após protesto contra aumento da passagem em Teresina ~ CN1 | O seu Portal de Notícias

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Ônibus é incendiado após protesto contra aumento da passagem em Teresina


Terça-Feira, 10 de janeiro de 2017

Um ônibus foi incendiado na avenida Frei Serafim, em frente ao Hospital Getúlio Vargas, Centro de Teresina (PI). O incidente no início da noite desta segunda-feira (9) foi atribuído a manifestantes que protestavam contra o reajuste da tarifa de ônibus para R$ 3,30.

O veículo fazia linha para o bairro Redenção, na zona Sul, e foi destruído por volta de 19h. Ele fazia parte da nova frota, com ar condicionado.

Informações preliminares dão conta de que estudantes se revoltaram após policiais atirarem balas de borracha e atingirem duas pessoas, que teriam sido levadas para um hospital da cidade. O casal não estaria participando do protesto. O ônibus foi queimado em seguida.

"O que a gente pode dizer é que houve uma dispersão. Nessa dispersão houve uma perda de controle e a gente não pode precisar o que aconteceu", informou a coronel Júlia Beatriz, comandante do gerenciamento de crises da Polícia Militar.

A coronel classificou o ato como vandalismo. "Mesmo que tenha havido (pessoas atingidas), um erro não justifica o outro. Não pode se perder a razão", acrescentou.

Após o incêndio, a tropa de choque da Polícia Militar permaneceu no local até a dispersão dos manifestantes. Os ônibus deixaram de circular na Frei Serafim depois do incidente.

A segunda manifestação deste ano começou no fim da tarde pelas ruas do Centro. Um grupo de pessoas bloqueou a avenida Frei Serafim na altura do colégio Sagrado Coração de Jesus, segurando uma bandeira do Brasil. Depois fecharam o cruzamento com a rua Coelho de Rezende.

Durante o protesto, os estudantes tentaram impedir a entrada dos passageiros nos ônibus pela porta da frente. Os usuários entraram pela porta de trás sem pagar passagem. Mesmo com o trânsito prejudicado, passageiros apoiavam a manifestação e reclamavam do aumento da tarifa.

O primeiro protesto aconteceu na sexta-feira, data na qual passou a valer o reajuste de R$ 2,75 para R$ 3,30. Na ocasião, foi feita uma fogueira no cruzamento da Frei Serafim com a avenida Miguel Rosa.

Informações da TV Cidade Verde

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes