terça-feira, 30 de julho de 2019

Suspeito de matar ex-mulher, filha e netas não aceitava fim do casamento

Compartilhar

                     Família foi encontrada morta na sexta-feira (26). (Foto: Reprodução)

Continua sendo investigado o caso do assassinato de cinco maranhenses da mesma família, registrado no município de Silvanópolis (TO), na semana passada.

De acordo com parentes, Livingstone Pereira Tavares, de 65 anos, não aceitava o fim do casamento com Francisca Barros Tavares, de 59 anos. A principal linha de investigação é que ele tenha assassinado a ex-mulher; a filha Ruth Barros Tavares, de 27 anos; e as duas netas Jasmim Barros Tavares, de 12; e Milena Barros Tavares, de oito anos.

Ainda segundo relatos de parentes, Livingstone tinha um comportamento autoritário. O corpo dele foi encaminhado a uma funerária diferente dos demais. O corpos das outras quatro vítimas foram enterrados juntos no município de Alto Alegre do Maranhão nessa segunda-feira (29).

Fonte: Imirante.com
Compartilhar

Author: verified_user

0 comentários: